♥ Sexta do Mel – Paris

Publicado 5 de outubro de 2012 por dicascaseaqui

Bom dia!

Hoje é dia de Sexta do Mel no Case Aqui, e em parceria com a Frontière Turismo, apresentamos para vocês… A bela, romântica e charmosa, Capital Francesa…Paris.

Conheça as dicas que carinhosamente preparamos, dos locais que não se pode deixar de visitar durante uma estadia em Paris.

Na capital francesa, os principais cartões-postais foram construídos entre a Idade Média e princípios do século 20, marcando o horizonte da cidade junto aos seus jardins numerosos e geometricamente calculados.

Na lista de atrações imperdíveis estão a Torre Eiffel, projetada como estrutura provisória para celebrar o centenário da Revolução Francesa e que acabou se tornando o maior cartão-postal de Paris…

A dama de ferro, como é chamada a Torre Eiffel, toda iluminada é maravilhosa!

Arco do Triunfo, concebido por Napoleão para a entrada de suas tropas na Avenida Champs-Elysées.

Catedral de Notre Dame, inaugurada em 1340 à margem do rio Sena, com seus imensos vitrais circulares e suas gárgulas, imortalizadas por Victor Hugo no romance O corcunda de Notre Dame.

Interior da Catedral de Notre Dame.
O gótico permite a ligação da terra ao céu e, no interior de uma catedral do estilo, o crente é impelido à ascensão pela afirmação constante da verticalidade, pela monumentalidade das paredes que parecem erguer-se segundo uma teoria contrária à da gravidade, tornando-as leves, deixando por elas filtrar o colorido dos grandes vitrais numa aura etérea. A utilização de tais elementos arquitectónicos numa catedral deve-se mais a um propósito religioso prático que a aspirações artísticas.

Existem quase duzentos vitrais na catedral, alguns entre os maiores construídos na História. A dominar o nível intermédio encontra-se a rosácea de 13 metros de diâmetro ao centro encaixada entre os contrafortes e ladeada por janelas gémeas. À sua frente surge a estátua da Virgem Maria com o Menino.

Louvre o maior e mais visitado museu do mundo, estão algumas das mais conhecidas obras de arte do mundo como, Mona Lisa, a Vitória de Samotrácia e a Vênus de Milo. Visitas guiadas podem reduzir significativamente a angústia de não dar conta do museu, cujas instalações abarcam tanto o ultra clássico palácio do Louvre como a contemporânea (e polêmica) Pirâmide de Vidro, incorporada em 1989. Já o Museu D’Orsay, instalado em uma antiga estação de trem, é a residência fixa das obras de impressionistas como Monet e Van Gogh.

As margens do Rio Sena e arredores entre as pontes de Sully e d’Iéna são patrimônio mundial pela Unesco, com vista para os monumentos mais significativos da cidade, como o museu do Louvre, a Torre Eiffel, a Praça da Concórdia, o Grand Palais e o Petit Palais, além da própria Notre Dame.

A ponte Marie liga a ilha de Saint-Louis às margens do Hôtel de Ville (prefeitura). Primeiramente construída em madeira, ela foi levada pelas águas do rio Sena em 1658. A contrução em pedra foi encomendada por Colbert em 1677. Diz a lenda que os casais apaixonados devem passar em baixo da Ponte Marie, uma das mais charmosas sobre o rio Sena, fazer um pedido, e dar um beijo. Assim, eles verão seu pedido realizado! Super romântico!

Gastronomia: Paris reúne os sabores de toda a França – baguetes, croissants, cassoulets, crepes, queijos, delicados doces. De bistrôs e brasseries de cozinha tradicional a casas dedicadas à alta gastronomia clássica ou contemporânea, há restaurantes por toda a cidade, alguns dos mais sofisticados no 1º arrondissement (a região do Louvre).

Compras: Paris é a capital não só da alta costura, mas também dos cosméticos e perfumes. Marcas prestigiadas têm suas vitrines na Avenida Champs-Elysées – as lojas mais luxuosas se concentram no chamado “triângulo de ouro”, formado com as avenidas Montaigne e Georges V, endereço de grifes como Louis Vitton, Dior e Hèrmes.

As passagens cobertas que ligam uma rua a outra repletas de lojas são verdadeiros tesouros da arquitetura. No inicio, Paris possuia cerca de 150 passagens animadas com muitas lojas, cafés e espetáculos sendo frequentadas por todas as classes sociais. Com o passar do tempo e as evoluções urbanísticas elas deixaram de existir e atualmente restam aproximadamente 20.

Em épocas de temperaturas agradáveis, os parisienses fazem um dos seus passeios preferidos nas margens do rio Sena e nos parques da cidade: o picnic! Imaginem que romântico um picnic completo ou até mesmo uma cesta com queijos e pães e um bom vinho às margens do Sena com seu amor? Inspirador!

Para mais informações consulte a Frontière Turismo

Ana Carolina Longo
(19)3119-6460
(31)3504-4746
ID: 89*30855

carolina@frontiereturismo.com.br
MSN:frontiereturismo@hotmail.com

FAN PAGE: https://www.facebook.com/FrontiereTurismo

Visitem o site: www.frontiereturismo.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: